GDF asfalta trecho da DF 230 em Planaltina

Obra facilita escoamento da produção do núcleo rural Taquara
 O Governo do Distrito Federal inaugurou hoje 8,9 km 
de asfalto na DF 230, em Planaltina, próximo ao núcleo rural Taquara.
Foram realizados serviços de terraplanagem, drenagem e sinalização. As obras, iniciadas em maio deste ano, custaram R$ 9,6 milhões. Os moradores de Taquara, Capão Grande e Arapoanga aguardavam mais de 20 anos pela pavimentação da via, por onde passam cerca de 5 mil pessoas por dia.
Com a pavimentação, a comunidade rural terá menos gastos na manutenção dos veículos, mais segurança e agilidade no transporte e melhoria no escoamento da produção agrícola, que será entregue sem poeira.
"Sabemos da importância estratégica dessa pavimentação. Agora o escoamento da produção local será rápido e de qualidade", disse o governador Agnelo Queiroz.
O núcleo tem cerca de 320 produtores, 2 associações e 1 cooperativa agrícola (Cootaquara). Conhecido pelas altas taxas de produtividade de hortaliças, principalmente pimentão, que ocupa 250 hectares e emprega 2 mil pessoas.
A produção é comercializada em todo o DF, Entorno e no Norte do país, em cidades como Rio Branco (RO), Porto Velho (RR) e Manaus (AM).
"Eu sei a dificuldade que era transportar o que é produzido aqui. Quero agradecer", disse Edson Redondo, presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural de Planaltina.
OUTRAS AÇÕES – Na ocasião, além da entrega da rodovia, o governador assinou também ordem de serviço para início do alargamento da ponte sobre o Ribeirão Pipiripau na DF 230, no trecho entre a DF 345 e a VC 137. O investimento é de aproximadamente R$ 442 mil e a obra deve durar 120 dias.
O governador também assinou um decreto que trata da regularização das terras rurais da Terracap. O documento consolidará a legislação vigente e promoverá adequações para atender a real necessidade do segmento.
Também foram entregues Termo de Concessão de Uso da Terra a 50 produtores. Desde 2011, três mil processos de regularização foram iniciados e 500 agricultores receberam o termo.